Apenas reconhecimento fotográfico é suficiente para gerar uma condenação?

A resposta é NÃO!

No caso analisado, o homem foi absolvido pela 2ª Turma do STF;

Sua condenação, pelo crime de roubo, foi fundamentada APENAS em um reconhecimento fotográfico em fase de inquérito;

Para os ministros, o reconhecimento fotográfico precisa estar fundamentado em elementos de prova que indiquem autoria do fato indicado, o que não aconteceu no caso.

Fonte: STF

Imagem: Fantástico